quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"Gostamos mais de cães ou de humanos?"

O tema do artigo de capa do P2 (Público) do passado domingo é: "Gostamos mais de cães ou de humanos?"

"Quem salvaria: um ser humano desconhecido ou seu cão? Zico, um pitbull cruzado, matou uma criança em Beja. Um menino de 18 meses, o Dinis, morreu (...) Que significa então a petição pública contra o abate do Zico, que reuniu em poucos dias mais de 70 mil assinaturas? Tomada de consciência dos direitos dos animais? Ou desilusão com o ser humano?"

... vá lá, crucifiquem-me [mas numa cruz chique, 'tá?!], mas primeiro, a história do Zico está muuuito maaal contada, para mim é tipo Caso Maddie; segundo, e respondendo à pergunta "Quem salvaria...": cão ou gato, não tenho dúvidas na minha resposta - O MEU GATO!

Sempre tive consciência dos direitos dos animais. E, sim, as minhas desilusões com os seres humanos são mais que muitas. Mas a minha certeza fundamenta-se assim...

...eu tenho anos suficientes no currículo para saber e afirmar que a maioria das pessoas é interesseira e ingrata, não ponho as 'patitas' no fogo por ninguém, porque amigos e amantes vêm e vão, portanto a ÚNICA pessoa que eu salvaria seria a minha MÃE! (...infelizmente não pude salvar o meu pai).

28 comentários:

Logan disse...

os animais agem por instinto, os donos agem muitas das vezes por estupidez. cães perigosos e donos estúpidas são uma mistura pouco feliz.

Gata disse...

Eu assinei a petição, mas sem muita convicção, porque, a menos que haja uma triagem feita por alguém com consciência, um cão destes, a ser resgatado, pode ir parar às unhas de gente sem escrúpulos e, aí, antes a morte.
Os meus três gatos têm, de longe, mais coração e bons sentimentos do que milhões de alminhas humanas por aí. Além disso, o dever de proteger a criança é dos responsáveis por ela, não do cão. O cão não é uma pessoa jurídica, porque há-de ser ele o penalizado?
Beijinhos e ronrons!

Wendy disse...

Eu também acho que essa história está muito mal contada. O cão quando não tem condições e quando é educado de forma violenta tem tendência a fazer este tipo de ataques mas por instinto e porque o instinto foi condicionado a espaços pequenos e uma educação que geram um comportamento violento.
Tem algum jeito um bebé levantar-se da cama e ir passear para a cozinha? Então e camas de grades, não??? Espero bem que responsabilizem os pais por isto. Este tipo de negligência é que me choca. Isto sim, é selvático. Se querem ter filhos tenham-nos em condições apropriadas e aos cães idem idem. Não se brinca assim com vidas! quer de pessoas quer de animais. Sejam cães, gatos ou qualquer outro.

Cátia Gomes disse...

Eu não li a reportagem toda, mas há um citação de uma professora de Ética, Marta Mendonça, que me deixou intrigada. Ela diz : " Quem dá mais valor à vida de um cão do que à humana não é porque essa vida animal valha mais, mas porque o dono lhe dá esse valor. A vida de um animal tem um valor relativo. A humana tem um valor absoluto.". E acho que o problema começa mesmo aí. Os humanos acharem que têm mais valor que qualquer outro habitante do Mundo. Parte daí também a arrogância e a falta de respeito pelos animais e pela flora deste planeta, quando o verdadeiro cancro do Mundo são mesmo os humanos.

Resumindo, eu também salvaria primeiro qualquer uma das minhas gatas. Porque tenho um amor por elas semelhante ao que tenho pela minha família e amigos. Ponto.

Relativamente ao Zico, eu também assinei a petição. Primeiro porque acho que a culpa não é dele. Segundo porque me partiu o coração ver o pânico daquele animal. Terceiro porque tenho esperança que se safe e que as pessoas vejam este caso como um exemplo. A irresponsabilidade tem de ser punida. E não foi o cão que foi irresponsável.

Cátia Gomes disse...

Só um aparte, ainda não comentaste esta notícia. ;)

http://musica.sapo.pt/noticias/concertos/john-legend-estreia-se-em-portugal-no-cooljazz

hierra disse...

Eu sinceramente não me choca que abatam o Zico se entenderem que, ele é perigoso para a segurança das pessoas. Não assinaria, nem uma petição a favor, nem uma petição contra! Quanto às pessoas, eu desculpo algumas, outras nem tanto, nem todas as pessoas são más pessoas, mas e aí concordo, não podemos partir do pressuposto que as pessoas têm sempre um bom fundo o que não é verdade! Entre um animal e uma pessoa, depende de cada um deles, mas não me choca ter mais amor a um cão ou um gato do que às pessoas em si, nada mesmo! Os animais conseguem perceber e intuir o conceito de lealdade de uma forma mais rigorosa que nós seres humanos!

L'Enfant Terrible disse...

O que me choca é abaterem o Zico e não abaterem os Políticos e banqueiros corruptos!!

Gaja Maria disse...

Boa! Onde é que eu assino? :D

Suricate disse...

Pedirem a morte do bichinho, só me faz lembrar a pena de morte que existe entre os humanos: "És um assassíno?! A gente vai-te corrigir...condenando-te à morte!"

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Eu gosto muito mais de animais do que da maior parte dos humanos. Atirem-me pedras.

SuperSónica disse...

Eu costumo dizer que quanto mais conheço as pessoas mais gosto dos animais e dos meus gatos em especial!
Posto isto tenho a minha resposta dada!

medusa disse...

Concordo contigo; o homem é intrinsecamente mau!

Maria Pitufa disse...

É assim eu adoro animais, e regra geral gosto mais dos meus animais do que maior parte das pessoas com quem lido todos os dias. Mas ao mesmo tempo nunca me posso esquecer que são sempre animais. A petição em particular nem a li, mas não me parece aceitável querem transportar para os animais conceitos como a culpa. Claro que a culpa não é do cão... mas porque a ele tal conceito simplesmente não é aplicável. A culpa apenas pode ser imputada a quem tem consciência... E também não concordo que as pessoas digam que a culpa foi dos pais..não sei se foi ou não... mas eu não conheço os detalhes e por isso choca-me que as pessoas comecem logo a atribuir culpas...

*C*inderela disse...

Concordo, história mal contada!
Ao contrário do que disse o tal Daniel Oliveira, eu nunca trocaria a vida do meu gato por quem não conheço ou não tenho afinidades, quanto mais por alguém asqueroso! O meu gato é da minha familia, um filho para mim. Quem não entender, que goze à vontade.

Bjokas.

GATA disse...

LOGAN: ...deixa-me dizer-te que, se alguém atacar a minha mãe, eu irei reagir por instinto e serei capaz de matar!

GATA disse...

GATA: eu também assinei a petição, porque a morte do cão apenas expia a morte da criança!

...eu sou suspeita porque os gatos nunca me traíram, mas as pessoas... enfim...

Bjinhauuu!!!

GATA disse...

WENDY: eu também espero que as pessoas sejam responsabilizadas, porque, na minha opinião, foram negligentes tanto com a criança como com um cão - o animal passava os dias e as noites fechado na varanda!

GATA disse...

CÁTIA GOMES: o meu comentário ao teu comentário é... great minds think alike !!! idem idem - para tudo!

GATA disse...

CÁTIA GOMES: sobre a notícia... JOHN LEGEND, COME TO GATA!!! :-)

GATA disse...

HIERRA: nem todas as pessoas são más, é verdade, mas também é verdade que nem todas as pessoas são boas... e entre pessoas e animais, eu escolho os animais, por muitas e variadas razões, como -p.e.- a da tua última frase!

GATA disse...

L'ENFANT TERRIBLE: eu assinei a petição para salvar o Zico, mas também assinarei a petição para matar políticos e banqueiros corruptos! :-)

GATA disse...

GAJA MARIA: a petição contra o abate do Zico? AQUI!

GATA disse...

SURICATE: em Portugal, se não há pena de morte para as pessoas, então também não há para os animais! ou... uns são seres de primeira e outros seres de segunda?!

GATA disse...

A BOMBOCA MAIS GOSTOSA: atirem-NOS pedras!!! ...que nós faremos castelos, para receber e proteger os animais! :-)

GATA disse...

SUPERSÓNICA: concordo e subscrevo TOTALMENTE o teu comentário!

GATA disse...

MEDUSA: ...ainda há pessoas boas, mas cada vez mais são menos, muito menos... :-(

GATA disse...

MARIA PITUFA: então por partes...

1. eu não acuso os pais/avós, mas o meu instinto felino diz que a história está muuuito maaal contada!

2. a culpa é dos pais/avós da criança, jamais do cão, mas é muito mais fácil culpar o cão!

3. eu digo e repito, entre um ser humano desconhecido e o meu gato, não pensava duas vezes e salvava o meu gato!

GATA disse...

*C*INDERELA: em relação à tua última frase, cito Salvador Dali... "que hablen de ti, aunque sea bien" :-)

Bjinhauuu!!!