terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Adeus 2013

Audrey Hepburn & Orangey in "Breakfast at Tiffany's (1961)

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Um bom coração *

* “A good heart” (1985), no original, canção de Feargal Sharkey 

Não há maneira de dizer a verdade, senão dizer a verdade: a minha velhota adoptiva está com demência. 

A família da velhota sempre foi distante da mesma, porque sempre viveram fora do país, nomeadamente a filha; mas perante a problema actual, eu contactei a filha e informei sobre o estado da mãe, porque afinal ela é, legalmente, a responsável pela velhota. 

Actualmente a minha mãe cuida da velhota durante o dia e eu cuido durante parte da noite, e no fim-de-semana revezamo-nos [o Serviço de Apoio Domiciliário apenas providencia uma refeição diária de segunda a sexta-feira, e cuidados básicos de higiene pessoal e habitacional] mas brevemente a velhota estará num processo perigoso da doença e a solução será, certamente, o internamento. E eis o problema! 

Os lares estatais, tais como os da Santa Casa da Misericórdia e da Segurança Social, têm listas de espera de vários anos. Os lares privados têm preços proibitivos. E encontrar uma pessoa de confiança para - 24/7! - cuidar da velhota é uma missão impossível. 

A minha mãe tem um bom coração e uma dedicação altruísta ilimitada. Mas a realidade é que a situação está a cansá-la e desgastá-la. E eu, em vez de uma preocupação, tenho duas! 

Raramente (nunca digo nunca) peço ajuda, pois não gosto de incomodar, mas se alguém puder ou souber ajudar, AGRADEÇO!

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

A má educação *

* "La mala educación" (2004), no original, filme de Pedro Almodóvar

Quem me conhece, sabe que eu não gosto do Natal. E quem me conhece, também sabe que, apesar de eu não gostar do Natal, eu sou uma bem pessoa educada q.b. para enviar votos de Boas Festas a quem eu tenho consideração e estima.

Infelizmente há quem não seja bem educada e não tenha consideração e estima por mim, apenas a suficiente para agradecer e retribuir. E não venham com histórias porque eu sou parva mas não sou estúpida!

Na era da comunicação, em que todos [excepto eu!] têm telemóveis espertos, não há desculpas, há atitudes, que ficam com quem as pratica. 

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

...


[George returns to the bridge where his nightmare began, hoping to bring back his old life]
George Bailey: [praying] Clarence! Clarence! Help me, Clarence! Get me back! Get me back, I don't care what happens to me! Get me back to my wife and kids! Help me Clarence, please! Please! I wanna live again. I wanna live again. Please, God, let me live again.
[it begins to snow again]
Bert: [shouts] Hey, George! George! You all right? Hey, what's the matter?
George Bailey: Now get outta here, Bert, or I'll hit you again! Get outta here!
Bert: What the sam hill you yellin' for, George?
George Bailey: You...
[suddenly stunned]
George Bailey: George... Bert? Do you know me?
Bert: Know you? Huh. You kiddin'? I've been looking all over town trying to find you. I saw your car plowed into that tree down there and I thought maybe you - hey, your mouth's bleeding. Are you sure you're all right?
George Bailey: What the...
[licks the corner of his lip and checks his mouth with his hand]
George Bailey: Ha, ha, ha, ha! My mouth's bleeding, Bert! My mouth's bleeding! Zuzu's petals... Zuzu...
George Bailey: [checking his pocket] There they are! Bert, what do you know about that! Merry Christmas!

in "It's a wonderful life" (1946) - Frank Capra

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Anúncio CARTIER (Winter Tale 2013)

 

"Celebrating the magic of the holiday season, Cartier is proud to present (...) A magical walk through Paris featuring an enchanting baby panther and Cartier pages will take you on a nostalgic journey to the 1920s" in CARTIER 

A colecção "Panthère" ["it is a timeless icon that is both predatory and elegant, restrained yet always ready to pounce"] é lindíssimaaa, e entre os anéis e as pulseiras, bem, o meu coração felino dança...

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Traição


Em modo zapping [e modo stressing também!] eu descobri a série "TRAIÇÃO" ("Betrayal", no original) no canal AXN.

Segundo o site do AXN, "TRAIÇÃO" é uma história de intriga, ciúme e poder na alta sociedade de Chicago. 

SARA (Hannah Ware) conhece JACK (Stuart Townsend) e os dois iniciam um romance secreto. Mas paralelamente o marido de SARA inicia a investigação de um assassinato que afecta a família da mulher de JACK.

Os actores James Cromwell e Henry Thomas - o menino de "E.T." tem uma interessante (e quase irreconhecível) performance - interpretam, respectivamente, sogro e cunhado de JACK. 

A série é atractiva mas o grande - enormeee!!! - atractivo é, para mim, o ex Sr. Charlize Theron, Stuart Townsend!

[ele está tão giro, mas tãooo girooo... é a 'ternura dos 40'!]

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O desapoio ao cliente - GALP ENERGIA (adenda)

Talvez porque é Natal... mas... ALELUIA!!!

UM ANO depois, a empresa do Rei e da Princesa da Cortiça (FYI: GALP ENERGIA) activou  o Débito Directo em Conta Bancária da minha velhota adoptiva... UM ANO depois... [eu sou bruxa!!!]

 Américo Amorim é o homem mais rico de Portugal, mas eu não quero negócios com ele! É que já estou a ver a cena: eu sentada, à sombra de um chaparro (clarooo!), à esperaaa, à esperaaa, à esperaaa... mas entretantooo ou morria ou era transformada em rolha!

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

…good girl gone REALLY bad!

Depois de ver o último video da RIHANNA - "pour it up" - [mas não ouvir a canção, porque...  errr... canção???? mas que canção???], deixem-me dizer-vos...

ERICA FONTES [a actriz pornográfica portuguesa, e a personalidade mais pesquisada no Google Portugal em 2013]... tem cuidado, tem muito cuidado, que a RIHANNA está mesmo atrás de ti!

Nota de Rodapata: eu não publico o dito video - não sou púdica... nem púnica! - mas o 'berloque' é um espaço de gente gira; quem quiser ver, é só clicar no link supra.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

...neste Natal partilhe a magia Wells...

Ontem, travail oblige, tive que ir numa pata, e voltar noutra [mas com chauffeur!], ao Centro Comercial Colombo comprar chocolates para ofertar, e aproveitei e espreitei a WELLS. 

Vocês estão a ver o folheto??? 
Vocês estão a ver o anúncio??? [é o do ano passado reciclado no ano presente!]

Vocês estão a ver os produtos??? SIM??? EU NÃO!!! 

Ontem, na entrada da WELLS do Centro Comercial Colombo, estava apenas uma 'ilha', pequena e pobre, de aspecto e conteúdo.

Portanto... PARTILHA... só se for por MAGIA mesmo!!!

O 'tio' Belmiro de Azevedo foi, em tempos idos, o homem mais rico de Portugal mas parece estar a ser vítima da CRISE… Actualmente ocupa apenas o 4º lugar da tabela… 

[o 1º é o Américo Amorim, o 2º é o Alexandre Soares dos Santos, e o 3º é Família Melo]

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

JOAN FONTAINE: 1917/2013


JOAN FONTAINE, cujo nome de registo era Joan de Beauvoir de Havilland, faleceu ontem, com 96 anos, na sua casa californiana, de velhice.

JOAN FONTAINE, filha de pais britânicos, nascida no Japão e criada nos Estados Unidos da América, foi uma das “mulheres” de Alfred Hitchcock, tendo protagonizado os filmes “Rebecca” e “Suspeita”

Da sua carreira cinematográfica contam, entre muitos, “Ivanhoe” (adaptação da obra de Walter Scott) e “Terna é a noite” (adaptação da obra de F. Scott Fitzgerald)

Depois do cinema, JOAN FONTAINE dedicou ao teatro e também à televisão. Posteriormente retirou-se e, na sua villa, dedicou-se aos jardins aos cães.

Nota de Rodapata: a sua irmã mais velha [com quem, diz-que-diz, não tinha contacto desde 1975) é a, também actriz, OLIVIA DE HAVILLAND, famosa pelo papel de Melanie Hamilton em “E tudo o vento levou”.

PETER O'TOOLE: 1932/2013


PETER [Seamus] O’TOOLE, actor nascido na Irlanda mas criado na Inglaterra, faleceu ontem, com 81 anos, num hospital londrino, depois de doença prolongada. 

Actor do teatro ficaria imortalizado no cinema como "Lawrence da Arábia". Pessoalmente prefiro - e recordo - o genial "What's new pussycat?", com o também genial Peter Sellers.

PETER O’TOOLE foi nomeado 8 vezes para o Óscar de Melhor Actor mas ganhou apenas um Óscar Honorário em 2003. 

A sua vida pessoal contrastava com a sua vida pessoal: devido ao alcoolismo esteve, por duas vezes, em risco de vida; e o seu casamento de 20 anos com a, também, actriz Siân Phillips foi tumultuoso e tormentoso... (Posteriormente Siân Phillips diria que durante essas duas décadas foi alvo de ‘crueldade mental’ por parte de Peter O’Toole…) 

Um dos seus últimos trabalhos de destaque foi na série britânica “Os Tudors” (no papel do Papa Paulo III). Mas em 2012 anunciou a sua reforma e consequente retirada das 'luzes da ribalta'.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Really?!?!?! [take two]


THAMSANQA JANTJIE, o pseudo intérprete da linguagem gestual no funeral de Nelson Mandela, sofre de esquizofrenia (ele esteve internado cerca de um ano numa instituição de saúde mental!) e também… de estupidez aguda! 

Então a criatura, para se desculpar e justificar os gestos hip-hop, disse que viu ANJOS! O Robbie Williams também… E tal não era cortesia de um dom celestial, não… era cortesia das drogas!!!

Nota de Rodapata: as autoridades sul-africanas, ademais da questão moral, têm em mãos a questão da segurança, através da selecção e contratação de alguém assim... 

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Really?!?!?!

U.S. President Barack Obama, U.K. Prime Minister David Cameron 
and Denmark leader Helle Thorning-Schmidt
at Nelson Mandela Memorial Service yesterday

[...the after selfie...]

Michelle: "Really?!"
Barack: "But… Mandela told us to have fun… He even said he wanted people to sing and dance at his funeral…" 
Michelle: "Oh, just shut up! Not talking to you until DC!"  
Barack: "Yes, m’am…" 
David: "Ups…"
Barack: "It’s your fault, David!"
David: "Nop, sir! It’s blondie’s fault!" 
Obama: "Debbie Harry…?"
David: "Nooo… Helle!"
Obama: "Oh yeah, man… I’m in hell!"

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Chefes Intragáveis...

"Horrible Bosses", no original, filme de Seth Gordon.

A ditadura em Portugal acabou há 39 anos. No estáminé começou hoje.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Os Filhos do Rock


Hoje estreia na RTP, às 21:45 horas, uma das séries mais ambiciosas da produção nacional. "Os Filhos do Rock" vai levar-nos de volta aos anos oitenta, um dos períodos mais interessantes da música portuguesa, com o aparecimento do chamado novo rock. [in RTP]

Uma série histórica de ficção da RTP é, em principio, garantia de um produto de qualidade, no entanto - e sendo eu uma "filha do rock" - a minha curiosidade é enorme. Porque eu não conheço a época dos livros e dos arquivos, eu conheço porque eu vivi a época! (...com tudo de bom e de mau).

Para mais informação: promo, site e facebook da série.

Nota de Rodapata: o autor e realizador da série é conhecido dos meus velhos tempos; ora, tivesse eu idade e disponibilidade e tinha-lhe pedido uma cunha para poder participar na série, e a custo zero!

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

NELSON MANDELA: 1918/2013


Ontem, em Joanesburgo, faleceu NELSON MANDELA – o primeiro presidente negro da África do Sul.

Não isento de controvérsia, NELSON MANDELA fica na História da África do Sul, e do Continente Africano, mas também na História do Mundo.

E fica a pergunta (sem resposta): o que será, futuramente, do país sem o seu ícone?

Desculpem mas eu não resisti... Eis o video da mensagem de condolências do Primeiro-Ministro britânico, David Cameron: LARRY aparece brevemente, e descontraidamente!

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

...

"Elle pleure parce que son cœur s'est remis à battre aujourd'hui alors qu'elle n'y croyait plus depuis longtemps. Elle pleure pour tellement de raisons qu'elle n'a pas envie d'y penser. C'est toute sa vie qui lui revient dans la figure. Alors, pour se protéger un peu, elle se dit qu'elle pleure pour le plaisir de pleurer et c'est tout." 


ANNA GAVALDA 
in "Je voudrais que quelqu'un m'attende quelque part" (1999)

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Os gatos estão-se “nas tintas”…!!!

Uma nova investigação da Universidade do Japão mostrou que os gatos são perfeitamente capazes de distinguir as vozes dos seus donos, mas simplesmente estão-se «nas tintas».


O estudo realizado por Atsuko Saito e Kazutaka Shinozuka envolveu 20 gatos domésticos, numa experiência levada a cabo na casa de cada um dos animais.

Quando os donos estavam fora de casa, os investigadores puseram num gravador as vozes de desconhecidos a chamar pelo nome dos gatos, a par com a voz dos donos. As conclusões mostraram que os felinos reagiram de modo diferente ao chamamento do seu dono, medindo o movimento das orelhas, da cabeça, da cauda, a vocalização (miar), a dilatação dos olhos e o facto de se deslocarem. Ao ouvirem o seu nome, os gatos exibiram um comportamento que indicava uma reacção ao chamamento. E apesar de essa reacção ser mais significativa quando a voz era do seu dono, em ambos os casos os felinos recusaram mexer-se.

«Estes resultados mostram que os gatos não respondem activamente ao comportamento comunicativo dos donos que os chamam, fora do seu campo de visão, apesar de serem capazes de distinguir as vozes dos donos», afirmaram os autores. «Esta relação entre gato-dono é o oposto ao caso dos cães», notou.

De acordo com a investigação, publicada no Animal Cognition Journal, a razão para esta indiferença dos gatos remonta aos tempos em que a espécie começou a ser domesticada. Segundo análises genéticas recentes, o mais comum antepassado do gato doméstico é o Felis silvestris, um gato selvagem que entrou em contacto com os humanos há cerca de 9.000 anos.

«Em termos históricos, os gatos, ao contrário dos cães, não foram domesticados para obedecerem aos humanos. Em vez disso, eles parecem tomar a iniciativa na relação [gato-humano]», explicaram. Os cães foram criados ao longo de milhares de anos para responderem aos comandos dos humanos. Mas os gatos nunca precisaram de aprender isso.

Os investigadores notaram ainda no estudo que, apesar das pessoas que têm cães acharem que os seus bichinhos são mais afectivos [do que os gatos], os donos de gatos não têm «menos amor» pelos seus animais domésticos do que os donos dos canídeos. No entanto, está ainda por determinar quais são os aspectos do comportamento dos gatos que fazem os seus donos gostarem tanto deles, dizem os autores.

Um gato é um gato e um cão é um cão, nada de confusão! Os gatos são afectivos, sim... mas à sua maneira. E mesmo 'con defectos y manias', eu prefiro os gatos às pessoas!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

...

"Elle attendait, mais elle ne savait quoi. Elle sentait seulement sa solitude, et le froid qui la pénétrait, et un poids plus lourd à l'endroit du cœur." 

ALBERT CAMUS - "La Femme adultère"
in "L'Exil et le Royaume" (1957)

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

"dar e receber / fazer a troca sem ganhar nem perder / devia ser a nossa forma de viver"

Eu sempre gostei de dar – e também de receber, não sou hipócrita! –, mas com o tempo e a idade cansei-me. 

Primeiro, os souvenirs: sempre que ia de férias, trazia um souvenir para os amigos; mas os amigos quando iam de férias não traziam nada… ou porque não iam de férias para o estrangeiro (em Portugal não há souvenirs!) ou porque “ah já lá estiveste, então não trouxe nada…” Actualmente, quando viajo, trago apenas para quem sei que também traz para mim, e contam-se pelos dedos de uma mão e ainda sobram dedos! 

Depois, as prendas de Natal: eu tinha sempre o cuidado de oferecer algo especial, que sabia que a pessoa queria ou gostaria, mas recebi tanta porcaria que desisti. (...e muita sem hipóteses de troca porque os talões de troca desapareciam misteriosamente!) 

Por fim, as prendas de Aniversário: eu também tinha sempre o cuidado de oferecer algo especial, que sabia que a pessoa queria ou gostaria, mas também recebi tanta porcaria… No entanto, eu ainda dava prenda a meia-dúzia de gatos-pingados... Mas este ano duas pessoas próximas não me deram prenda de Aniversário [nota: o meu aniversário foi há quase 6 meses]... Uma disse, há dias, que não estava esquecida mas que aproveitava e juntava a prenda de Aniversário com a de Natal (?!?!?!). Outra não disse nada, não deu prenda nem deu explicação para a ausência de prenda. 

Não venham com a história – e desculpa – da crise, porque tanto uma como outra ainda têm cinco euros para poder gastar. A minha indignação não é pela prenda – ou a ausência da mesma –, é pela falta de consideração. E, mais uma vez, a culpa é minha: eu tenho desilusões porque tenho ilusões. Mas a minha consciência está tranquila, nos seus aniversários eu dei as respectivas prendas. Mas foi a última vez.

O mundo é dos espertos e eu tenho que começar a aprender a ser esperta, até porque estou muito farta, e cansada, de ser parva!

domingo, 1 de dezembro de 2013

Dia Mundial da Luta contra a Sida

O primeiro caso de SIDA em Portugal foi detectado há 30 anos mas, passadas três décadas, o número de infecções por VIH tem diminuído; no entanto Portugal ainda está acima da média europeia e os doentes de SIDA em Portugal vivem menos tempo do que noutros países europeus.

[Info/Fonte: RTP]

sábado, 30 de novembro de 2013

Campanha de Recolha de Alimentos


Os Bancos Alimentares Contra a Fome vão realizar uma campanha de recolha de alimentos nos supermercados das zonas onde desenvolvem atividade no fim-de-semana, 30 de Novembro e 1 de Dezembro, com a qual querem mobilizar toda a sociedade para ajudar quem mais precisa. Será também possível contribuir até 8 de Dezembro na campanha “Ajuda Vale”, bastando pedir um vale nas caixas dos supermercados com um código de barras específico para os produtos destinados aos Bancos Alimentares.

Famílias, desempregados, crianças e idosos são os grupos mais afectados pela crise económica, aumentando significativamente os pedidos de apoio que chegam aos Bancos Alimentares Contra a Fome e a necessidade de alargar a sua capacidade de resposta às instituições sociais que apoiam. A campanha realiza-se numa altura em que os Bancos Alimentares têm mais pedidos de ajuda e menos produtos para entregar. 

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

BOB DYLAN - “like a rolling stone” (video interactivo)

Em comemoração do lançamento de "The Complete Album Collection" de BOB DYLAN (35 albuns de estudio, 6 albums 'live', 2 CDs Side-Tracks e 1 livro de capa dura, e custa 209,99€), a  editora Sony Music, em parceria com a empresa Interlude, criou um vídeo interactivo em que simula um televisor e no qual, simultaneamente e em diferentes canais [desde o História ao Culinária!], pessoas –e personagens!– cantam (em playback, claro) a canção “Like a rolling stone".

O vídeo foi realizado pelo israelita Vania Heymann e tem, no total, 1 hora e 15 minutos. Citando o seu realizador: "É como um filme dentro de um vídeo de cinco minutos."

DIVIRTAM-SE!!!

Nota de Rodapata: eu sei, eu sou suspeita... mas adorooo o Gato a cantar no Canal “Just For Kids”!

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

...

"...esta insatisfação
não consigo compreender
sempre esta sensação
que estou a perder..."
(ANTÓNIO VARIAÇÕES - "estou além")

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

MIGUEL BOSÉ: Persona del Año - Grammy Latino 2013


El reconocimiento a la Persona del Año, La Academia Latina de la Grabación ® busca celebrar no solo los logros artísticos de un artista sino también sus esfuerzos filantrópicos, su compromiso social. 

El cantante y compositor Miguel Bosé, homenajeado como Persona del Año 2013 de La Academia Latina de la Grabación el miércoles a la noche en el Mandalay Bay Resort and Casino en las Vegas, ejemplifica esas cualidades. Bosé no sólo ha trazado una larga carrera marcada por la innovación sino que se ha involucrado en esfuerzos tan nobles y dispares como promoviendo la paz como derecho universal con la fundación Paz Sin Fronteras con su colega y amigo Juanes; buscando mejorar el futuro de los niños indígenas en México, protegiendo los mares con su labor con la organización sin fines de lucro Oceana o apoyando la lucha para erradicar el SIDA.

“Miguel es un artista profundamente generoso con los demás”, dijo Gabriel Abaroa Jr. Presidente/CEO de La Academia Latina de la Grabación en su introducción. “ Él es un convencido – y muy convincente con sus ideas”


[...mi Miguelito está viejito - se acerca a los 60... - pero sigue siendo mi Miguelito... !ENHORABUENA, GUAPO! Para siempre serás "mi amante bandido”...]

terça-feira, 26 de novembro de 2013

...

"...tu continuas à espera
do melhor que já não vem
e a esperança foi encontrada
antes de ti por alguém..."
(ANTÓNIO VARIAÇÕES - "canção do engate")

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

...a minha ausência foi o meu desprezo...

Na passada semana, o Pequeno Chefe terminou funções e na sexta-feira, nobless oblige, houve a festa de despedida.

Eu fui convidada, claro, mas, devido a muy oportuna crise de dor, não fui à festa.

Não menti, eu estava mesmo com uma crise de dor, mas omiti a verdadeira razão pela qual eu não fiz um esforço e não fui à festa.

O Pequeno Chefe foi o responsável pela contratação da minha colegazinha de gabinete e pela transformação do estaminé no cabaré! 

Durante 3 anos, sempre a defendeu, nunca me defendeu. Durante 3 anos, eu aguentei, por vezes não calei, mas contei os dias para o término das suas funções. [...infelizmente o seu substituto não é melhor... mas adiante!]

A minha ausência foi o meu desprezo. Não tenho respeito porque quem não me respeita.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

JFK

22 de Novembro de 1963, Dallas, Texas, EUA.
Foto: Walt Cisco - Dallas Morning News

Há 50 anos, numa também sexta-feira, o 35º Presidente dos Estados Unidos da América, JOHN FITZGERALD KENNEDY, foi assassinado em Dallas, Texas, EUA.

E o resto é História!

KENNEDY não foi um homem perfeito, e muito menos um Presidente perfeito, mas foi uma pessoa carismática, e será sempre uma referência de uma época importante na Historia contemporânea da América.

[...há uns anos, eu tive a oportunidade de ir a Washington e de visitar o Cemitério de Arlington, onde está sepultado KENNEDY (juntamente com a esposa Jacqueline), assim como os irmãos Robert e Edward, e de conhecer histórias da História de JFK...]

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A propósito do jogo de futebol Suécia-Portugal... (adenda)

O texto é de "uma jovem, com um marido e um filho", mais uma portuguesa que em breve emigrará.

É um comentário publicado em "A propósito do jogo de futebol Suécia-Portugal...", mas merece um post próprio! 

À autora desejo sorte e, sobretudo, um futuro muito feliz!

“É tão triste perceber-mos que o nosso futuro está minado no nosso país.

Quando não se consegue estabilidade; emprego; viver dignamente; sustentar uma casa, uma família; quando se sabe que (estatisticamente) quando chegar a nossa altura não haverá reformas mas temos que continuar a descontar para a segurança social não podendo usar esse dinheiro (ou parte dele) para uma reforma privada; quando sabemos que mesmo tendo PPR só vamos poder tocar nele quando for a nossa idade de reforma (que pode muito bem ser aos 70 anos e eu já não poder trabalhar então e precisar do MEU dinheiro mas não ter acesso a ele devido às leis); quando se tem filhos (ou quer ter) e sabe-se quem em Portugal temos dos piores sistemas educativos (que vai piorar devido aos cortes e às ajudas aos colégios privados -que tal deixarem-se disso e investirem o dinheiro nas publicas e fazer delas um bom sitio para todos? quem quer os filhos nos privados que os pague!); quem quer garantir a educação ao filho (a escola realmente é obrigatória mas gratuita?!); quem quer garantir acesso real a bons médicos e garantir uma boa qualidade de vida para si e para os seus... como não desesperar ao olhar para Portugal???

Eu sou mais uma jovem, com um marido e um filho que em breve vou sair de Portugal. Não porque não queira ficar mas porque este país não me permite viver. Eu sobrevivo mas quero VIVER. Não pretendo mandar remessas para Portugal, nem pretendo voltar definitivamente; assim como também não me parece que venha cá todos os anos e/ou férias.

O pior de tudo? É que conheço pessoas que trabalham na minha área, que são totalmente incompetentes. Inclusive, numa situação, foi aberta vaga somente para aquela pessoa na função pública por ser filha de quem é - o problema é que é incompetente. E tantos e tantos casos que só me fazem sentir um misto de felicidade e tristeza.

Tristeza porque não vejo grande futuro para Portugal, felicidade porque vou para um país onde me deram oportunidade porque me consideraram competente, porque vou fazer o que amo e ter muito melhores condições de vida do que as que jamais conseguiria cá em Portugal.

Estão a mandar os bons embora e a ficar com a corja incompetente por serem "filhos, sobrinhos, primos, conhecidos" em vez de os seleccionarem pelo mérito. Portugal, infelizmente, não acredito que demore muito até precisar de nova ajuda e não consigo antever um bom futuro para Portugal. Não com as medidas actuais, não com esta falta de planos políticos de vanguarda e sem quaisquer prospecção para o futuro.

Sinto-me tão indignada porque EU queria contribuir. Tentei. Agora vou dar o meu suor pelo país que me acolheu.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

...


"One for the money, and two for the show
I love you honey, I'm ready, I'm ready to go
How did you get that way? I don't know
You're screwed up and brilliant,
Look like a million dollar man,
So why is my heart broke?"
(LANA DEL REY - "million dollar man")

terça-feira, 19 de novembro de 2013

A propósito do jogo de futebol Suécia-Portugal...

Nos últimos dois anos, asseguram todos, começou a chegar uma nova vaga de emigração. E esses são os rapazes que agora jogam no Portugisiska. Tiago Franco tem 32 anos, é engenheiro eletrotécnico. Ricardo Silva tem 30, é engenheiro físico. António Roldão tem 34, é investigador na área da biotecnologia. Leonardo Rosado tem 38, fez um doutoramento do MIT (Massachusets Institute of Technology) e veio com a mulher e dois filhos fazer investigação para uma universidade de Gotemburgo. Nuno Ramalho é dez anos mais novo, é gestor. E ninguém pensa voltar para Portugal.

«O talento científico do país está a fugir, mas não foge porque sai da zona de conforto, como diz o primeiro-ministro», fala Tiago. «Na maior parte das vezes é por não ter outra alternativa.» Ele é o veterano desta nova geração, chegou em 2006. (…) Ricardo tem uma filha pequena em Portugal, o que ele quer é trazê-las para Gotemburgo. «Que futuro tem o nosso país, quando sabemos que não se avaliam as pessoas por mérito nem se progride na carreira?» Leonardo acredita que o país estava num bom caminho, as políticas energéticas e a aposta na ciência iriam dar retorno a longo prazo, criar riqueza sólida. «Portugal bem pode cortar as gorduras que quiser, baixar os ordenados e aumentar os impostos. Mas, se não criar programas economicamente viáveis, se não se inovar tecnologicamente, daqui a 20 anos vai precisar de mais cortes e mais impostos, porque não resolveu nada.»

Há um desconsolo generalizado em relação à pátria, uma desesperança, talvez. Nuno e António alinham pela mesma batuta, têm saudades de casa, mas não querem trabalhar ali. «Porque em Portugal o teu chefe ganha dez vezes mais do que tu e faz-te sentir um sortudo por te dar trabalho», diz o primeiro. «O sistema está dominado pela mediocridade, pelos títulos. Aqui, um diretor não ganha muito mais do que a senhora da limpeza, todos ganham razoavelmente bem. Porque toda a gente é importante para a estrutura.»

Juntam-se para ver os jogos da bola e para correr atrás dela, mas estão seguramente mais dispersos do que as gerações de emigrantes anteriores. (…) «Esta geração mistura-se mais com os suecos, já não vai mandar remessas de dinheiro para Portugal nem voltar a Portugal sempre que pode.» Porque, explica ele, o país tratou mal os seus, fê-los sentir culpados de viverem acima das possibilidades, quando as possibilidades eram tão poucas. «As férias vão ser passadas em destinos exóticos, não nas aldeias de origem. É o que eu já faço, neste momento.» E nem no Natal planeia regresso a casa? «Nem passar, não vou a Portugal no Inverno para passar frio.» Caramba, o homem vive na Escandinávia. «Mas aqui as casas são aquecidas, os espaços têm todos condições para a população estar confortável. Em Portugal é que se passa frio a valer.»

IN “Os rapazes do Portugisiska”, por Ricardo J. Rodrigues – Notícias Magazine de 10 de Novembro de 2013. [reportagem completa AQUI]

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

DORIS LESSING: 1919/2013


A escritora britânica DORIS LESSING (Tyler do registo, Lessing do segundo casamento), nascida na antiga Pérsia, actualmente Irão, e galardoada com o Prémio Nobel da Literatura em 2007, faleceu ontem em Londres.

Autora de uma vasta obra, DORIS LESSING foi - até 2007 - praticamente uma desconhecida. Os seus livros reflectem as suas vivências e experiências em África, e dividem-se entre o autobiográfico e o político. No entanto é, também, autora de vários livros sobre gatos, entre eles "Gatos e Mais Gatos", publicado em Portugal pela Editora Cotovia.

DORIS LESSING, que diz-que-diz tinha "uma alma felina pouco domesticável", viveu durante o último quarto de século em West Hampstead, cuidando do filho Peter mas não descurando a escrita porque, segundo o seu amigo e agente, ela tinha "uma mente fascinante".

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

...


"Maybe I’ll get drunk again 
I’ll be drunk again, I’ll be drunk again
To feel a little love"
(ED SHEERAN - "drunk")

[...porque, cada vez mais, eu tenho menos, muito menos, coração...]

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Um recado para o MÁRIO CRESPO


Ó Márinho, ainda a sua amiga 'menina' era uma criança, já eu tinha curso mas ninguém me dava emprego, e sabe porquê? porque - pasme-se! - eu tinha muitos estudos e falava muitos idiomas! Ah, e tenho curso PRÉ-Bolonha, porque PÓS-Bolonha o mestrado é integrado, capiche?!

Então, um dia, também fui ao Centro de Emprego e - surpreenda-se! - também me ofereceram trabalho como cabeleireira! Mas, ao contrário da sua amiga 'menina', eu até tenho VO-CA-ÇÃO, não tenho é FOR-MA-ÇÃO - percebe a diferença, senhor jornalista?!

Ai a menina foi para o estrangeiro? Paciência! Eu não fui - e citando o Fernando Ulrich - e AGUENTEI! E lutei, LUTEI MUITO! E, quiçá, fiz trabalhos que a sua amiga 'menina' não fez, porque em Portugal, país pequeno e pobre (sobretudo de espírito), tem-se a mania e a vaidade que quem tem curso não faz certas coisas!

Mas, Márinho, se eu cheguei onde cheguei, com orgulho, foi por MÉRITO e não por CUNHA!

Nota de Rodapata: a ânsia era tanta, mas tanta, que o entrevistador até interrompeu o entrevistado! Menos, MÁRIO CRESPO! Menos!!!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

SUEDE - for the strangers


“…love like promises on a train
when you delivered yourself to him
(…)
and its ever so clear
and its ever so plain…”
(SUEDE - "for the strangers")

[...porque, muitas vezes, os estranhos surpreendem-nos enquanto os amigos desiludem-nos...]

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

SUEDE no Coliseu de Lisboa (adenda)






SUEDE no Coliseu de Lisboa


Os SUEDE são a banda da minha vida adulta [os Beatles da minha infância e os Duran Duran da minha adolescência] e já tive o prazer de os ver e ouvir várias vezes, em Lisboa, Madrid e Londres. E ontem vi e ouvi mais uma vez, mas nunca é demais!

O espectáculo de ontem foi, passe o pleonasmo, ESPECTACULAR! Na primeira fila, ainda que eu estivesse do lado esquerdo (porque gosto de ficar em frente do Richard Oakes) e o BRETT embirrasse para o lado direito (grrr!!!), no entanto com vários encontros imediatos com "o homem da minha vida"...

...o primeiro melhor foi quando ele saltou a barreira ["jumped over the barriers"] e ficou mesmo em frente a mim! - e eu sem saber se fotografar, se cantar, se babar!;

...o segundo melhor foi quando ele saltou a barreira, novamente, e andou a passear no meio das pessoas das primeiras filas e um dos seguranças, com medo que comessem o homem vivo, começou a afastar o povo mas acabou por empurrar a GATA para cima do BRETT!!! Bem, excepto a parte em que a minha 'amiga' esquerda chocou com o braço do Brett Anderson... Obrigada, senhor segurança!!!

O concerto teve como base o recente album "Bloodsports", mas houve tempo e espaço para canções como o primeiríssimo single "The Drowners" [com o BRETT a cantar e a encantar-me com "and so we drown, sir we drown, stop taking me over" mesmo em frente a mim!] ou a B-Side "another no one" [que recordo na versão acústica neste concerto em Londres] ou a nova 'roupagem' de "She's in fashion".

Eu sei que sou suspeita, mas o BRETT canta agora melhor que nunca! É um animal de palco: nos primeiros minutos fez as poses típicas para os fotógrafos, mas depois mandou os media 'a la mierda' para poder dominar o palco e conquistar o público! E durante mais de uma hora e meia ele não parou, e suou que se fartou! E suponho que tal seja o segredo da sua excelente (e invejável!) forma física e da excelência da elegância. 

Nota de Rodapata: a primeira parte foi feita pelos TELEMAN, cujo primeiro album foi produzido pelo Bernard Butler, ex guitarrista e co-fundador dos SUEDE. Eu conheço a banda e adoro o baterista Hiro Amamiya!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

E mais um furo na orelha!

[...eu estou na fase do 'furo'...]

...há já tempo que eu pensava em fazer um terceiro furo na orelha direita [...mais um para fazer soar os alarmes dos controlos dos aeroportos!] mas quem pensa, não faz, e quem faz, não pensa... Mas ontem eu pensei e fiz!

[...a mania dos furos é, certamente, hereditária por parte dos meus antepassados felinos do Antigo Egipto!]

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Life thru a (contact) lens… *

* adaptação do nome do album "Life thru a lens" de Robbie Williams. 

Eu sou míope, uso óculos desde os 10 anos e lentes de contacto desde os 15 anos, e deixem-me dizer-vos que as lentes de contacto mudaram a minha vida!

E apesar de usar lentes de contacto há muitooos anooos, nunca tive um problema, nem uma conjuntivitezinha, que é a complicação mais comum no uso prolongado de lentes de contacto.

Mas há uns meses foi-me detectada neovascularização da córnea (excessivo crescimento interno de vasos sanguíneos causado pela privação de oxigénio), uma das complicações mais comum no uso prolongado de lentes de contacto, mas a situação estava controlada. No entanto há umas semanas foi-me, também, detectada ulceração da córnea (erosão da córnea causada por vários factores, e entre eles... o uso prolongado de lentes de contacto).

OFTO (calmo): A primeira opção é deixar de usar lentes. 
GATA (com o pêlo eriçado): Desculpe??? Não!!!
OFTO (sorrindo): Eu sabia que não gostaria...
GATA (bufando): Então  a segunda???
OFTO: A segunda é experimentar usar lentes moles. [Nota: eu uso lentes semi-rígidas]
GATA: Vale! 

Então na passada semana mudei de lentes e, excepto alguns pequenos pormenores, é mais do mesmo. Segundo a contactologista, a minha transição foi excelente, porque a minha experiência é uma vantagem, e - tal qual a famosa taróloga - profetizou que, depois de usar moles, não quererei voltar a usar semi-rígidas.

Bem, no fim do mês, verei e direi !

terça-feira, 5 de novembro de 2013

E mais um furo no cinto!

Eu poderia dizer que é a crise, mas tal seria dar razão ao Passos Fedelho, e a única coisa que daria (se pudesse) ao Primeiro Sinistro seriam unhadas!

Então se não é a crise, ou é o stress ou é o treino. [ou... "ambos dois"!]

Ontem pesei-me e perdi três quilos em três meses!!! Aiii, três meses mais e a GATA desfila na catwalk de Londres ou de Paris!

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

“...it’s all ‘bout the money (…) and I think we got it all wrong anyway”

No seguimento deste post

A primeira opção – um lar – está fora de questão, porque não há dinheiro, é a verdade pura e dura. A segunda opção – uma senhora 8 horas/dia e 5 dias/semana – até estava em consideração, mas já não está!

Finalmente encontrei uma senhora e entrevistei a dita… MAS…

Primeiro, “não trabalho por menos de 750 euros/mês!” Errr… Mas a senhora tem uma licenciatura em geriatria? Não… Ah, mas eu tenho uma amiga com uma licenciatura que ganha 500 euros/mês – e sujeitos a descontos – e trabalha cerca de 10 horas/ dia e com contratos mensais!

Segundo: “trabalho de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 14:00 horas, horas extra são pagas à parte.” Pois, na teoria o meu horário é das 9:00 às 17:00 horas mas... na prática o meu trabalho é das 8:00 às 18:00 ou 19:00 horas, e nunca recebi horas extra!

Terceiro, “não sou mulher da limpeza!” Bem, não é vergonha ser mulher nem fazer limpeza, portanto não percebo a afirmação... Mas, então, a senhora faz O QUÊ durante o período de trabalho??? É que para a senhora fazer companhia e eu fazer a limpeza, então a velhota paga os 750 euros a mim!

Resumindo & Baralhando: fica tudo na mesma – o Serviço de Apoio Domiciliário, que inclui uma refeição diária de segunda a sexta-feira, e também cuidados básicos de higiene pessoal e habitacional. [no último caso, uma vez por mês, a mulher-a-dias da velhota faz a limpeza geral habitacional, é um custo extra mas é um valor aceitável e a casa fica apresentável.]

Ai a mentalidade tuga, o pobre que acha que é rico – e fino!, com tantos licenciados que estão no desemprego, ou que trabalham em call-center ou centros comerciais, é uma estupidez que alguém que tem o ensino básico e que iria cuidar de uma pessoa idosa, autónoma para a idade, e iria cuidar também de uma casa, fosse de uma altivez...

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Peditório Nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro



O peditório é a principal fonte de angariação de fundos, que permite concretizar as acções de apoio ao doente, iniciativas de prevenção primária e secundário do cancro e apoio à formação e investigação em oncologia. Porque contra o cancro, todos contam!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Véspera de Todos-os-Santos [...e - ATENÇÃO - amanhã NÃO é feriado!]

Ava Gardner (c. 1945)

...e como hoje há greve do 'Centímetro', eu vim (e vou) de vassoura!

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Anúncio MERCEDES-BENZ (Magic Body Control)



Eis um exemplo de uma imagem  - e de uma canção - que vale por mil palavras. É, para mim, um bom exemplo de boa publicidade!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Sobre [a MERDA d'] o Projecto de Código do Animal de Companhia…

...o tal que limita o número animais domésticos permitidos por apartamento [dois, no caso dos cães; quatro, no caso dos gatos]...

Cito a bastonária da Ordem dos Veterinários, Laurentina Pedroso, e também pergunto: "…alguém impede alguém de ter dez filhos?"

É que [a MERDA d'] o Projecto de Código do Animal de Companhia visa apenas a questão do ruído, porque reduz o valor das multas para os maus-tratos e não prevê nenhuma contra-ordenação em relação ao abandono!

Nota de Rodapata: Sô Dótora Assunção Cristas, GATA garante que 4 gatos fazem menos, mas muito menos, barulho que 4 crianças!!!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

LOU REED: 1942/2013

LOU REED, registado Lewis Allan Reed, cantor e compositor nova-iorquino, e mentor da mítica banda The Velvet Underground, faleceu ontem em Nova Iorque de doença hepática, depois de no passado mês de Março ter sido submetido a um transplante de fígado.

Goste-se, ou não, LOU REED influenciou uma geração e garantiu o seu lugar na história da música. "Transformer" de 1972 e produzido por David Bowie é, provavelmente, 'o' album, pois tem canções 'clássicas' como "Perfect Day", "Satellite of Love" e "Walk on the Wilde Side".

Uma das últimas versões de "Perfect Day" foi gravada em 1997 e o dinheiro das vendas do single reverteu para a organização da BBC "Children in Need" e conta com a participação do próprio Lou Reed, da Laurie Anderson (a sua última esposa) e também do David Bowie e do 'meu' Brett Anderson.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

...

 

 "...be the ocean where unravel 
be my only, be the water, and I'm wading 
you're my river running high, run deep, run wild..."
(LYKKE LI - "I follow rivers")

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

SUEDE - The 500 Greatest Albums Of All Time (NME)


Well, well... When the "The 500 Greatest Albums Of All Time" issue of NME Magazine landed on the doormat of Suede HQ this morning, we all gathered round and had a flick through it and we found Suede albums included in the list not once, not twice, but THRICE! 

"Sci-Fi Lullabies" is at a lofty 448. And it's not strictly even an album album! "Suede" [album] (1993) is at 78 and "Dog Man Star" (1994) is at 31. [in Suede/Facebook] 

FYI... o 500º é "Stankonia" (2000) dos Outkast e o 1º é "The Queen Is Dead" (1986) dos The Smiths. 

Curiosamente, na mesma semana, a muitooo aguardada auto-biografia do Morrissey -  simplesmente chamada "Autobiography" - ultrapassou as vendas do recente romance da Helen Fielding - "Bridget Jones: mad about the boy" -, de acordo com a revista especializada The Bookseller.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Baptizado do Príncipe George






O baptizado do Príncipe George (Alexander Louis) de Cambridge foi uma cerimónia (quase) privada e discreta, que reuniu quatro gerações da Família Real e fugiu da cerimónia tradicional. 

O futuro monarca britânico esteve sempre sossegado e comportado, e diz-que-diz que o Príncipe William (o progenitor) brincou e comentou que "this is the first time he's been quiet all day"...