quarta-feira, 7 de maio de 2014

"Sonhos, nada mais..." *

* frase da canção "Sonhos" (1983) dos Ópera Nova [efémero grupo electropop 'Made in Portugal'] 

«Os sonhos têm muitas funções. Ajudam a processar e a integrar os acontecimentos do dia. Fornecem pistas, frequentemente na forma de símbolos ou metáforas, que contribuem para a resolução dos problemas quotidianos - relações, medos, trabalho, emoções, doenças e muito mais. Podem ajudar-nos a alcançar os nossos desejos e objectivos, se não fisicamente, pelo menos através da realização de fantasias. Ajudam-nos a analisar acontecimentos passados, lembrando-nos do seu paralelismo no presente. Protegem o sono disfarçando estímulos como a ansiedade que, de outra forma, nos acordariam. Os sonhos também têm funções mais profundas. Podem fornecer pistas para recuperar memórias reprimidas ou perdidas, tanto da infância e do período intra-uterino como de vidas passadas. Fragmentos de vidas passadas emergem muitas vezes durante o estado de sonho, particularmente naqueles em que quem sonha vê cenas decorridas anos ou séculos antes do seu nascimento. 

Os sonhos podem ser psíquicos ou precógnitos. Frequentemente, estes sonhos específicos podem prever o futuro. A sua exactidão varia, pois o futuro parece ser um sistema de probabilidades e inevitabilidades, e ainda porque a capacidade das pessoas para interpretar com precisão os próprios sonhos varia tremendamente. Estes sonhos psíquicos ou precógnitos são experimentados por muitas pessoas de todas as culturas e estratos sociais. No entanto, muitas delas ficam chocadas quando os seus sonhos, literalmente, se tornam realidade. 

Um outro tipo de sonho psíquico ocorre quando é experimentada uma comunicação com uma pessoa distante. A pessoa pode estar viva e geograficamente distante, ou a comunicação pode dar-se com a alma ou a consciência de alguém que morreu, tal como um parente ou um amigo querido. De igual forma pode haver comunicação com um espírito angélico, um professor ou um guia. As mensagens nestes sonhos são, em geral, muito importantes e genuinamente comoventes. 

Também ocorrem sonhos de "viagem", nos quais as pessoas têm a experiência de visitar locais em que nunca estiveram fisicamente. Os pormenores daquilo que vêem podem ser confirmados mais tarde. Quando a pessoa visita, na realidade, o local geográfico, mesmo que seja meses ou anos depois do sonho, pode ter a sensação de 'déjà vu' ou de familiaridade. 

Por vezes, o viajante vai a locais que parecem não existir neste planeta. Estes sonhos podem ser muito mais do que imaginação nocturna. Podem ser experiências místicas ou espirituais a que se tem acesso por o ego e as barreiras cognitivas estarem relaxados durante o sono e o sonho. Conhecimento e sabedoria adquiridos neste tipo de sonhos de "viagens" podem modificar vidas.»

IN “Só o Amor é Real” de Brian L. Weiss, M. D.

Bemmm... não explica tudo, mas explica uma coisa:
eu sou uma felina para(a)normal!

8 comentários:

medusa disse...

eu também acredito que os sonos nos dizem muito do passado e do futuro e que nos ajudam a resolver o presente!

Bigodes de Nata disse...

olha, gostei :)

Flor Guerreira disse...

Eu sou completamente interessada nesta matéria. E, normalmente, lembro-me dos meus. E podem influenciar, positiva ou negativamente, o meu dia.

Gaja Maria disse...

Acredito na interpretação dos sonhos . Já tive alguns sonhos de estimação, eram sempre iguais, só podiam ter significado..

Ana Ricardo disse...

O grande Weiss! Os sonhos fascinam-me. Já tive sonhos recorrentes que já foram ultrapassados. Sonhos dignos de filme. Sonhos de lugares maravilhosos. Sonhos com pessoas que nunca conheci...enfim. Muito sonho eu :)

C*inderela disse...

Já tive sonhos "viajantes", em que anos mais tarde passei por locais em que já tinha sonhado. É estranho. Nunca tinha lá estado e no entanto sonhei com eles, fez-me pensar se existe mesmo a reencarnação e que seja uma memória de vidas passadas.

Gata disse...

Eu faço uma boa "limpeza" todas as noites nos meus sonhos :)

GATA disse...

Estimadas: eu sonho muito, muitooo mesmooo, e recordo os sonhos todos!

É um tema muito interessante mas eu sou um pouco ignorante... E eu até tenho um sonho recorrente... [em que morro num acidente de automóvel]...

Bjinhauuu!!!