segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

OSCARS 2015


Melhor Filme: "Birdman" 
Melhor Realizador: ALEJANDRO G. IÑARRITU
("Birdman")
Melhor Actor Principal: EDDIE REDMAYNE
("The Theory of Everything")
Melhor Actriz Principal: JULIANNE MOORE
("Still Alice")
Melhor Actor Secundário: J.K. SIMMONS
("Whiplash")
Melhor Actriz Secundária: PATRICIA ARQUETTE
("Boywood")

E ainda... Melhor Filme Estrangeiro: "Ida" (Polónia) de Pawel Pawlikowski e Melhor Canção: "Glory" do filme "Selma" pela voz do cantor John Legend.


Portanto, tal como previ, nada de novo! Mas se a cerimónia foi previsível, a apresentação - a cargo do actor Neil Patrick Harris - foi sofrível! (salvou-se a abertura...)

Ainda que em categorias 'secundárias', o grande vencedor foi "The Grand Budapest Hotel" e o grande derrotado (apenas um prémio) foi "The Imitation Game".

A lista completa no site oficial dos OSCAR

[...pela primeira vez em muitos anos, eu pensei não ver a cerimónia em directo, mas uma insónia demoníaca trocou-me as voltas e eis-me com duas horas de sono, e dois cafés... e duas aspirinas!]

8 comentários:

hierra disse...

Curiosamente, o filme que tenho mais curiosidade em ver é o Jogo de Imitação e O meu nome é Alice...O Grand Budapeste hotel é engraçado, mas nada de extraordinário para ser um dos grandes vencedores da noite. enfim, mais do mesmo.
Quanto ao Neil Patrick Harris, depois da apresentação da Ellen no ano passado, a fasquia estava muito mas muito elevada...

L'Enfant Terrible disse...

Eu se me pusesse a ver isso às tantas da manhã, dormia, oh se dormia!

Bella Condessa disse...

Oscares para mim....só fazem sentido depois e ver os filmes vencedores, porque falar de filmes e realizadores e tal, nesse momento não me diz nada! Mas podemos falar dos vestidos claro ahahaha

Oh GATA seu monte de pelo vê se derretes um bocadinho esse teu coraçãozinho ok? andas sempre com as garras afiadas miaufff

Dudu disse...

Sou fã de Alejandro G. Iñarritu desde Amores Perros um filme que me abriu os horizontes cinematográficos, este Birdman é diferente e de certo modo chama a atenção para o problema dos actores e do meio mas o que gostei Sou fã de Alejandro G. Iñarritu desde Amores Perros um filme que me abriu os horizontes cinematográficos, este Birdman é diferente e de certo modo chama a atenção para o problema dos actores e do meio, mas o que gostei mais foi de parecer ter sido filmado num só take.
Wes Anderson,é outro realizador peculiar e desde o filme The Royal Tenenbaums que não falho um, e lá está ambos os filmes fogem ao cliché do que ultimamente se tem visto, não há filme que não seja inspirado/retracto de história verídica, e nada contra a Teoria de tudo ou Sniper Americano que gostei, os outros nomeados ainda não tive oportunidade de ver.
Concordo contigo a apresentação de Neil Patrick Harris foi sofrível pelo menos até onde vi.

GATA disse...

HIERRA: na minha opinião, esta edição foi fraca, aliás foi a terceira edição menos vista da última década...

...a edição apresentada pela Ellen Degeneres teve 43,7 milhões de telespectadores – a mais alta dos últimos 10 anos – e a edição apresentada pelo Neil Patrick Harris teve 36,6 milhões de telespectadores – a mais baixa dos últimos 6 anos...

GATA disse...

L'ENFANT TERRIBLE: pois, este ano pensei não ver e dormir, mas uma insónia demoníaca trocou-me as voltas... :-(

GATA disse...

BELLA CONDESSA: eu vi quase todos os filmes, portanto... os vestidos??? os oscars (ainda) são um evento de cinema e não de moda!!!

[eu não sou uma GATA amorosa, eu sou GATA arisca!]

GATA disse...

DUDU: eu gosto do trabalho do Alejandro G. Iñarritu ("Amores Perros", "Babel", "Biutiful") mas não gostei de "Birdman" porque não gosto do Michael Keaton!

...eu também gosto do trabalho do Wes Anderson (adorei "The Darjeeling Limited"!) e gostei bastante de "The Grand Budapest Hotel", sobretudo pelo elenco!

...o Neil Patrick Harris é um bom actor mas é um mau apresentador!