terça-feira, 24 de março de 2009

Animais não entram!

Não, não é uma frase de aviso, tipo placa na porta de uma loja ou de um restaurante... foi a resposta dada pela funcionária da help-desk das Declarações Electrónicas à minha pergunta "qual o código do benefício fiscal por donativos a instituições de apoio a animais?"

Ontem descobri que, na declaração anual de IRS, posso declarar donativos a...
- instituições culturais, desportivas, ambientais e educacionais;
- ensino especial e tratamentos de toxicodependência;
- igrejas e organizações religiosas;
- órgãos de comunicação social;
- fundações;
- até ao Estado!

...mas não posso declarar donativos a instituições de apoio a animais!!!

Sinceramente, não sei porque fiquei surpreendida... afinal eu vivo num país em que não há uma lei de protecção de animais e o líder parlamentar do Partido Social Democrata afirma que os animais não têm direitos (vide
post)!

Mas, como eu sou uma gata teimosa que nem uma burra, irei continuar a doar uns míseros 100 euros por ano a instituições de apoio a animais!!!

PS: se eu vivesse nos Estados Unidos da América fazia um testamento e deixava o meu dinheiro ao gato (e não ao Gato, ok?!) e o Estado não ficava nem com um cêntimo!

16 comentários:

Salto-Alto disse...

Parece anedota! Não se pode descontar isso porquê?!

Sunrise disse...

Kêeeee???? Isso é um escândalo digno de notícia. Manda já um mail para o jornal 24horas e Correio da Manhã.

Djinn disse...

Realmente...só neste país!

Kitty Fane disse...

Mas tb com tanta gente a precisar, tanta instituição de investigação e combate a doenças das quais qualquer um de nós pode vir a sofrer, percebo perfeitamente que que isso aconteça. Mas isso sou eu que acho que, embora muito queridos, animais são animais e gente é gente. :-)

mik@ disse...

serio? pensei que entravam... eh que coisa mais estupida!
bjocas

Afrika disse...

Gata, eu faco como tu. Eu continuo a contribuir pra a Anifeira, por norma sempre em comida e generos. Na verdade nunca perguntei se podia ou nao declarar os donativos para o IRS. Mas es por esta e por outras que nao temos em Pt as mesmas regalias nem as mesmas condicoes que em outros paises para com os animais.

Maria Tudor disse...

Eu já acho isso estranho, mas aquilo que me custa mesmo é os donos não serem responsabilizados pelo abandono dos animais...

Isso é que me mexe cá com os nervos !!

bj

Mnemósine disse...

Donativos ao Estado?
Portanto "eles" não acham que um donativo é um donativo, não podes ajudar quem bem entendes e ter os devidos benefícios.

GATA disse...

SALTO-ALTO: parece mas não é!

Porquê? Não sei! Mas talvez seja porque, em Portugal, os animais não têm direitos!

GATA disse...

SUNRISE: para o Correio da Manhã, talvez... para o 24 Horas, onde há "jornalistas" (?) que escrevem que a capital da Cróacia é Dubrovnik, não!

GATA disse...

DJINN: neste país onde não se vive, mas se sobrevive...

GATA disse...

KITTY FANE: eu faço donativos para
-Fundação Portuguesa de Cardiologia
-Liga Portuguesa Contra o Cancro
-Abraço
-Sol
...todos deduzíveis no IRS!

A questão é que, pessoas ou animais, para mim donativo é donativo!!!

GATA disse...

MIK@: paciência!

Eu não fico mais pobre e o Estado não fica mais rico!

GATA disse...

AFRIKA: eu faço donativos em dinheiro e em géneros para instituições de animais.

E são as próprias instituições que dão um recibo referente ao donativo em dinheiro!

PS: em Portugal faz falta uma RSPCA!

GATA disse...

MARIA TUDOR: mas num país onde se abandonam crianças e idosos... também se abandonam animais!!!

GATA disse...

MNEMÓSINE: quem (ainda) manda no meu dinheiro sou eu, portanto eu vou continuar a apoiar as instituições que eu quero e não que "eles" querem!