quarta-feira, 22 de junho de 2016

…o Cristianinho e o gatinho…


«Cristianinho recebeu uma prenda muito especial, e há muito desejada, no seu 6.º aniversário, celebrado no passado dia 17: um gato bebé. Dolores Aveiro, a sua avó, mostrou nas redes sociais uma fotografia do filho de CR7 com o seu novo amigo (...). "Uma das prendas mais pedidas pelo meu neto que adora animais", fez saber Dolores Aveiro.» [Fonte: Flash Vidas]

Certamente, o gatinho será criado pela 'Mãe' Dolores, tal como o neto. Certamente, o gatinho foi comprado... tal como o neto. Porque o dinheiro compra (quase) tudo na Família Aveiro. Apenas espero que o tratem bem e não o abandonem nas férias - o gatinho, claro!

6 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Nem mais...


Com tanto dinheirinho podia-se ajudar tanto animal, mas não. Foi-se comprar o gatinho que vai sujar tudo de pelinho.
Daqui a meia dúzia de anos, foi chão que deu uvas.

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Acho que o fato de eo CR7 ter tanto dinheiro (que ele fê-lo por merecer... é fruto do trabalho dele - goste-se ou não!!) não significa que elea tem que ajudar tantos animais.
Discordo do CAP CRÉUS!!
O que se espera, eu tenho certeza é que o animalzinho será bem tratado. Isso é o que importa e o será, pois o CR7 é de família humilde e que não perdeu seus valores.
O que o CR7 não pode é ser um jogador no Real Madrid e ser outro na seleção portuguesa, perdendo penalties!

Logan disse...

que biolência gata...

Gaja Maria disse...

Comprado ou não acredito que o vão tratar bem, o miúdo parece meiguinho :)

Portuguesinha disse...

Nada contra.
Se o tivessemos, não o utilizariamos também para o mesmo fim?
Não andam tantos a "comprar" crianças, seja em dispendiosos tratamentos de fertilidade, seja com despesas em adopção, seja... é um ponto de vista.

Tivesse eu dinheiro como ele tem e "arranjaria" um para mim também. Adoptaria uma criança mais crescida, porque decerto não a ia pegar na rua, como se fazem com os cães e gatos :)

... Sarah in Wonderland disse...

Se quiserem abandoná-lo, podem abandoná-lo aqui à porta (ao gato!). Mesmo lindo!