sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Adenda ao post anterior




...o Gato de Gayer-Anderson, ex libris do Museu Britânico, em Londres, também foi sujeito a um exame de raio-x e não tirou os "brincos"!!!

Aiii a descriminação felina!!! 

Info: o Gato de Gayer-Anderson, uma representação da Deusa-Gato Bastet, é uma estatueta do Antigo Egipto, feita de bronze, datada de aproximadamente 664-332 A.C. e ficou assim conhecida depois de doada pelo Major Robert Grenville Gayer-Anderson ao Museu Britânico.  

Nota: os exames de raio-x revelaram que a estatueta não está tão bem preservada quanto parece e se pensava, pois existem fissuras internas no centro do corpo do gato e somente um sistema interno de fortalecimento evita que a cabeça do gato caia...

4 comentários:

S* disse...

Oh pobre gato, já ultrapassou as sete vidas.

GATA disse...

S*: o Gato de Gayer-Anderson é imortal...!!!

O Sexo e a Idade disse...

Comprei uma réplica no Metropolitan em NYC; coisa mais linda!

GATA disse...

O SEXO E A IDADE: eu tenho apenas e somente um postal do Gato de Gayer Anderson e fui 321 vezes ao Museu Britânico em Londres - "shame on me!"

Ah, mas eu tenho várias réplicas de Bastet, e uma das réplicas veio do Egipto! (mas eu acho que foi 'Made in China'...)