quarta-feira, 26 de março de 2014

Live without prejudice *

* trocadilho com o nome do album "Listen without prejudice" (1990) do George Michae

A propósito de um post do Homem Sem Blogue...

Há uns tempos, numa conversa informal num evento (pseudo) formal, e a propósito da minha vivência em Madrid, uma criatura perguntou em que zona vivi e eu respondi que uma das zonas em que vivi foi em Chueca, que – para quem não sabe – é o bairro gay de Madrid. 

A criatura fez uma piada sobre o facto, o que eu achei de mau tom, mas eu limitei-me a olhar (com o 33, o fatal!) e a dizer que “não era contagioso”. Posteriormente ignorei e depois a eliminei a criatura da minha lista de contactos. A criatura ainda tentou, tentou, e tentou… mas eu tenho mau-feitio! 

As pessoas não são o local em que vivem ou o carro que conduzem, não são as roupas que vestem ou as festas que frequentam. Os meus pais ensinaram-me a respeitar tudo e todos, pelo que tenho amigos pobres (do bairro da lata) e amigos ricos (do condomínio fechado), amigos de várias raças e religiões. E não gosto de pessoas preconceituosas! 

Eu sou o que sou, com defeitos (muitooos!) e virtudes (algumas...), quem não tentar ver 'más allá' do exterior, nunca conhecerá o interior - porque eu não quero, porque eu não deixo!

E porque, cada vez mais, eu tenho menos paciência para as pessoas e para a sociedade. E citando o João de Melo... "o meu mundo não é deste reino"!

10 comentários:

_+*Ælitis*+_ disse...

*clap clap clap*

medusa disse...

e fizeste tu muito bem, há pessoas que são, simplesmente, dispensáveis...

Suricate disse...

"As pessoas não são o local em que vivem"

Bom dia minha GATA, é por estas e tantas outras que mais arranhadela, menos:) outra eu gosto tanto de ti:)

Jinhooooossss

SuperSónica disse...

Também eu tenho mau feitio e se precisares de unhas extra avisa. Realmente concordo inteiramente contigo.

Katy Single disse...

É que cada vez mais, parece que as pessoas são mais preconceituosas!
Não percebo porquê! Somos tão pequenos graças a Deus!
bjoka

Gaja Maria disse...

Ora nem mais Gata! Essas pessoas é que perdem por verem tão pequenino...

C*inderela disse...

GATA que é GATA é assim mesmo! É por isso que adoro felinos! Eles não querem saber se somos ricos ou pobres; bonitos ou feios; gordos ou magros; eles só se importam com o facto de sermos boas pessoas ou não, se tratamos bem o próximo ou não. Todos deviam ser assim, mais humildes e tolerantes.

Bjokas*

Ana Ricardo disse...

Pessoas dessas dispensam-se na hora! Mai' nada :-P

Vespinha disse...

Há pessoas surreais...

GATA disse...

Estimadas (não há Estimados - girl power!!!):

Nós vivemos na era dos telemóveis espertos e das pessoas estúpidas!

Bjinhauuu!!!