segunda-feira, 16 de junho de 2014

"Should we talk about the weather? (hi, hi, hi) / Should we talk about the government? (hi, hi, hi)" *

* frase da canção "Pop Song '89" (1989, claro) dos R.E.M.

Na passada semana senti a falta da meteorologia apresentada por um meteorologista…

A RTP era a única estação de televisão nacional que tinha um serviço de meteorologia apresentado por um meteorologista (no âmbito de um protocolo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera) – de manhã no programa “Bom Dia Portugal” e de tarde no programa “Portugal em Directo” –, MAS em Maio a RTP decidiu 'deixar de falar' do tempo.

Teresa Abrantes, Directora do Departamento de Meteorologia da RTP, na quarta-feira 30 de Abril, despediu-se e manifestou-se: “Lamento que Portugal volte a ser um dos poucos países da Europa, senão o único país da Europa, que não tem um meteorologista a apresentar a informação meteorológica, pelo menos num dos canais de televisão”.

A RTP ainda é uma empresa estatal, portanto ainda tem como missão e obrigação a prestação de serviço público. Mas, como é normal e habitual em Portugal, há dinheiro para umas coisas mas não há dinheiro para outras coisas. E, diz-que-diz, que a Administração da RTP achou que a meteorologia apresentada por um meteorologista era uma coisa 'demodé'.

Senhor Alberto da Ponte, uma coisa 'demodé' é o povo continuar a pagar a 'famosa' Contribuição Audiovisual, sobretudo quando a maioria tem um serviço de televisão PAGO e a minoria não tem, sequer, serviço de televisão por causa da, também, 'famosa' TDT.

Nota de Rodapata: na falta de meteorologista, a RTP contratou, certamente, um bruxo, pois a coisa não é certa, é aproximada... a  temperatura máxima prevista, hoje, para Lisboa era de 28º em rodapé e de 34º em mapa (com voz-off) – apenas e somente uma diferença de 6º!

10 comentários:

Bigodes de Nata disse...

Já tinha estranhado, pois tomo o meu pequeno almoço sempre acompanhada pela Teresa Abrantes ou pelos seu colegas, mas como não tinha ouvido nada....
Afinal o serviço público aqui és tu! Obrigada pela informação :)))

Logan disse...

não acho que seja demodé ter um espaço meteorológico na tv mas verdade seja dita, na RTP davam demasiada informação inútil no que tocava ao estado do tempo, para o grosso de pessoas que vêm o programa, muito poucas compreenderiam mais de metade do dito boletim.

Gaja Maria disse...

Aos poucos vamos perdendo a identidade, vamos perdendo tudo, até a meteorologia... :(

hierra disse...

Eu ainda assim acho que a ideia não devia ser acabar mas mudar e com isso não quero dizer que se deviam por gajas boas a apresentar a coisa ,mas que era um bocado 'técnico' e maçador, era!

Vespinha disse...

Saudades do velho Antímio de Azevedo!

GATA disse...

BIGODES DE NATA: a RTP dispensa funcionários, um dia não funciona... porque não tem funcionários - os funcionários estão todos na concorrência!

PS: a RTP acha muito mais importante a informação da bolsa que a previsão do tempo...

GATA disse...

LOGAN: não concordo, mas é a tua opinião e eu respeito.

GATA disse...

GAJA MARIA: ahhh, se no Reino Unido, alguém decidisse e acabasse com a meteorologia personalizada (tanta na televisão pública como na televisão privada), caía o Carmo e a Trindade... ou na versão britânica: caía a Catedral de São Paulo e a Abadia de Westminster! :-)

GATA disse...

HIERRA: não concordo, mas é a tua opinião e eu respeito.

GATA disse...

VESPINHA: saudades de tempos que vão e não voltam... :-(