sexta-feira, 1 de abril de 2011

Voos "livres de crianças"

A Ryanair vai criar voos sem crianças a partir de Outubro (horário de Inverno) após um inquérito feito na Europa a mil passageiros, onde metade admitiu que pagaria tarifas altas para evitar as crianças dos outros. O inquérito mostrou que um terço dos passageiros (36%) teve o seu voo arruinado devido ao barulho dos filhos de outros passageiros e que um em cada cinco passageiros (18%) pediu à Ryanair que restringisse o número de crianças por voo. «Quando se trata de crianças, todos amamos as nossas mas preferimos claramente evitar os filhos dos outros quando viajamos. Apesar de metade dos nossos passageiros admitirem que gostariam que dividíssemos a nossa cabine em áreas de «Adultos» e «Famílias», isso não é possível devido à ausência de lugares marcados e à opção de embarque prioritário. No entanto, com nítida procura de voos «livres de crianças», a Ryanair vai introduzir voos sem crianças em rotas frequentes no início do nosso horário de Inverno, em Outubro», disse Daniel Carvalho, da Ryanair. (in Agência Financeira)

Em Setembro de 1991, o meu voo Lisboa/Londres foi arruinado por uma criança britânica, de seu nome Simon, sentada mesmo ao meu lado, e cuja a mãe era incapaz de controlar e de calar.

Com o meu mau feitio, disse à progenitora que ou tratava ela da criança ou tratava eu! A progenitora percebeu a mensagem e pediu desculpa mas a criança era intratável. Então chamei a hospedeira e disse que ou ela me mudava de lugar ou eu matava o Simon!

Portanto, Simon, "you fucking bastard", se estás vivo, agradece à hospedeira!

10 comentários:

Dudu disse...

Acabei de ler sobre isso no Público, e também concordo principalmente nos de longa duração, ainda há pouco tempo um amigo fez a viagem S.Paulo - Lisboa, durante a noite, sempre com uma criança a chorar, vinha esgotado. Nos voos de curta duração (2 a 3 horas) não me incomoda por aí além, mas também não conheci o Simon.

L'Enfant Terrible disse...

Preferia antes que restringissem antes passageiros que cheiram mal!

(Isso inclui os putos que se borram nas calças e os adultos que não tomam banho!)

hierra disse...

Eu estou com o Enfant Terrible, na ultima viajem fiquei ao lado de uma senhora que tinha um hálito pavoroso e preferia três Simons mas há vontadinha!!!

Mnemósine disse...

Para a Ryanair uma tarifa alta é o quê?

Close up! disse...

Lol!
Fucking bastard...
Ah,ah!

GATA disse...

DUDU: ahhh, eu tenho vários cromos na minha colecção de aviação!

p.e., um voo Frankfurt/Lisboa, com 3 vendedores de "banha da cobra" (aka, informação médica) que falavam, falavam, falavam... e não diziam nada!!!

GATA disse...

L'ENFANT TERRIBLE: eu estou 'imune' aos maus cheiros, uma cortesia dos transportes públicos lisboetas!

GATA disse...

HIERRA: geralmente quando eu viajo sozinha ou fico 'solita' ou ao lado de homens giros! :-)

GATA disse...

MNEMÓSINE: "no idea", não viajo em transportadoras aéreas 'low cost'...

GATA disse...

CLOSE UP!: fucking bastard MESMO!