segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

...


"The man who said "I'd rather be lucky than good" saw deeply into life. People are afraid to face how great a part of life is dependent on luck. It's scary to think so much is out of one's control. There are moments in a match when the ball hits the top of the net, and for a split second, it can either go forward or fall back. With a little luck, it goes forward, and you win. Or maybe it doesn't, and you lose."

Chris Wilton (Jonathan Rhys-Meyers) 
in "Match Point" (2005)

8 comentários:

hierra disse...

Sem dúvida a sorte é importante, mas a sorte também se faz em boa parte das situações e nas outras, é fazer tudo o que seja possível para que se aspire ter sorte.

Vespinha disse...

Muito verdade, infelizmente...

Bella Condessa disse...

Eu sei que és boa em inglês, em francês, em espanhol, e mais não sei quantas! Mas caramba, eu não sou assim tão boa em inglês lol. Dá para perceber mas tenho que ler algumas vezes lol (não sou burra ok?)
miauffff

S* disse...

Esse filme enerva-me... mas adoro-o!

GATA disse...

HIERRA: a minha experiência diz que a sorte faz a diferença...

...e citando a Amália: "sabe-se lá / quando a sorte é boa ou má / sabe-se lá / amanhã o que virá / (...) / ninguém sabe, quando nasce / p'ra que nasce uma pessoa"!

GATA disse...

VESPINHA: a verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade...

GATA disse...

BELLA CONDESSA: hummm... não és... mas serás... boa em inglês... cortesia de moi-même! :-)

Bjinhauuu!!!

GATA disse...

S*: "Match Point" não é dos meus filmes favoritos do Woody Allen, tem um pro - Jonathan Rhys-Meyers - mas tem um contra - Scarlett Johansson...!!!